quinta-feira, 21 de maio de 2015

Rio do Fogo: Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente


A Prefeitura Municipal de Rio do Fogo, através da Secretaria de Assistência Social, realizou na última quarta-feira, 20 de maio, a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Esta teve por objetivo discutir e garantir a implementação da Política e do Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes do município. 

O evento contou com a participação de diversas entidades do Município. Além do prefeito Laerte Paiva também se fizeram presentes várias autoridades. Ao término da conferência foi realizada uma marcha em menção ao "Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes".














terça-feira, 19 de maio de 2015


Conselho Tutelar de Rio do Fogo Abre inscrições para Eleições

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Rio do Fogo, abre nesta segunda-feira (18) o período de inscrições para a composição do Conselho Tutelar. As inscrições são gratuitas, as eleições acontecem em Outubro e vão eleger 5 Conselheiros. 

Para se candidatar é necessário ser maior de 21 anos, morar no município, comprovar conclusão do Ensino Médio e experiência com crianças e adolescentes, além de outros requisitos. A inscrição deve ser feita na casa dos conselheiros, localizada na Avenida 17 de Setembro nº 05, ao lado da Prefeitura de Rio do Fogo, das 08h00 às 13h00.  Confira o edital aqui.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Touros: Comoção marca sepultamento de jovem evangélica

Imagens e texto: Dione Nascimento
Durante as duas horas, tempo que durou o velório de Márcia Najara do Nascimento Santana(28), a Assembleia de Deus recebeu centenas de pessoas, entre familiares e amigos, que foram dar o último adeus a Marcinha, como era carinhosamente conhecida.
Comoção e lágrimas se misturaram as últimas homenagens com palavras e cânticos entoados, numa demonstração de carinho por alguém que foi anjo desde o plano terreno. E como é possível um anjo partir de forma tão trágica? Sem dúvida a resposta é: desamor, violência, batalha espiritual, do bem, contra o mal.  O que nos conforta é compreender, como bem lembrou o pastor Josias Maciel: - “a carne morreu, mas, o espírito continuará anjo”. Anjo de Deus, agora, servindo, somente a Cristo.
Até breve Marcinha!
Na terra, lamentamos a sua partida. No céu, festeja-se a sua chegada.
Não suportando a emoção, a genitora Vitória, foi levada às pressas para ser medicada no hospital da cidade. 
Aos familiares, os nossos sentimentos.

Por causa de celular, homem é suspeito de matar irmã a facada no RN

Crime aconteceu na cidade de Touros, no litoral Norte do estado. 
Márcia Najara do Nascimento Santana, 28 anos, tinha problemas mentais.



Uma mulher de 28 anos, que segundo a família sofria de distúrbios mentais, foi morta com uma facada após uma discussão por causa de um aparelho celular. O suspeito do homicídio, crime que aconteceu na tarde desta sexta-feira (15) na cidade de Touros, no litoral Norte potiguar, é irmão da vítima. Emílio Carlos de Nascimento Santana tem 39 anos e confessou. Márcia Najara do Nascimento Santana ainda foi socorrida ao hospital, mas não resistiu ao ferimento. Segundo a mãe, antes de a filha morrer ela teria dito: "foi o homem mal".

A prisão do suspeito aconteceu na madrugada deste sábado (16), por volta das 3h. Ao
 G1, o delegado contou que foi ao município de Touros, que fica distante cerca de 90 quilômetros da capital, porque ficou desconfiado de que o crime teria sido cometido por alguém próximo da vítima, alguém que conhecia a casa onde Márcia Najara morava com os pais. “A mãe da moça nos contou que a porta da casa não havia sido arrombada, ou seja, que quem entrou abriu a porta sem precisar forçá-la”, explicou.“Emílio passou o dia bebendo. Quando chegou em casa, a moça queria usar o telefone dele. Como ela tinha problemas mentais, ele não quis dar o aparelho e então os dois começaram a brigar. Foi quando ele deu uma facada nela. Depois, foi mais uma vez para o bar e voltou a tomar cachaça. Quando fomos até a casa da família, o Emílio estava tranquilo, assistindo televisão, como se nada tivesse acontecido", revelou o delegado Natanión de Freitas, um dos titulares da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal.
Ainda de acordo com Natanión, a mãe de Márcia saiu de casa e deixou o marido tomando conta da moça, já que a filha precisava de vigilância constante. Porém, o pai precisou ir a uma oficina e acabou deixando a filha trancada, sozinha. “O pai fechou a porta e escondeu a chave dentro do buraco de um tijolo, esconderijo que o filho conhecia. Quando Emílio foi pra casa, à tarde, pegou a chave no tijolo e entrou. Ele disse que foi dormir, mas a irmã o acordou querendo usar o celular dele, mas que ele não quis dar o aparelho porque ela não saberia usar e que iria acabar ligando pra todo mundo. Houve a discussão e ele disse que a irmã queria bater na cara dele. Daí ele a esfaqueou. Depois, fechou a casa, colocou a chave no esconderijo e voltou para o bar”, relatou o delegado.
Quando os pais de Márcia chegaram em casa, encontraram a porta fechada. Pegaram a chave dentro do tijolo e abriram a porta. Dentro da residência, a filha caída no chão. Ela ainda foi socorrida ao hospital da cidade, mas não resistiu. “Em depoimento, a mãe dela contou que a filha ainda consegui dizer que tinha sido um homem mal que a havia esfaqueado. Ela disse isso, acredito eu, porque a mãe sempre dizia pra filha não sair de casa porque o homem mal iria pegá-la. Isso deve ter ficado gravado na memória dela”, ressaltou Natanión.
Após a morte, o delegado disse que mãe da vítima foi à Delegacia de Plantão da Zona Norte deNatal e comunicou o crime, mas que não desconfiava de ninguém. “Suspeitamos do irmão da moça porque a mãe contou que a casa não tinha sido arrombada. E que somente os próprios pais e o Emílio sabiam onde a chave estava. E também a mãe contou que os irmãos sempre brigavam e que o filho dela tinha problemas com a bebida e que de vez em quando fazia uso de drogas. Por isso fomos atrás dele”, contou.
Por fim, Natanión revelou que Emílio foi encontrado em casa, já por volta das 3h, deitado no sofá de casa assistindo televisão. Aparentemente ainda sob efeito de álcool, ele estava tranquilo. Primeiro ele negou o crime, mas depois acabou abrindo o jogo e confessou tudo”, concluiu.
Emílio foi detido em flagrante e levado para Natal, onde permanece à disposição da Justiça. A faca utilizada no crime foi encontrada no bar onde ele passou o dia bebendo.

Fonte: G1

Ato Político Em Defesa Do SUAS/ Paralisação Nacional

Nessa sexta-feira dia 15.05.2015 acontecerá uma paralisação Nacional em defesa do SUAS(Sistema Único de Assistência Social), a secretária de Assistência Social de Rio do Fogo se mobilizou em uma demonstração de apoio ao Ato Político, com objetivo de chamar a atenção da sociedade para a relevância do SUAS, que atua em situações de vulnerabilidade e risco social, beneficiando os brasileiros que necessitam da Assistência Social.

A orientação nacional é para que os serviços sejam suspensos nesse dia para poder estar colhendo assinaturas dos usuários, trabalhadores, conselheiros, agentes políticos (vereadores, deputados, senadores), representantes da sociedade civil e população em geral, visando o maior número de assinaturas em apoio ao SUAS, tudo isso pelo fato do não repasse de recursos do governo federal, impossibilitando a continuidade de prestação dos serviços.

Valorização dos Profissionais da Educação Riofoguenses

O Ministério da Educação anunciou em Janeiro de 2015 um reajuste de 13,01% sobre o piso nacional. O reajuste tem repercussão na carreira - ou seja, todos os níveis do magistério serão contemplados com o aumento. Em 2009 o piso dos professores passou de R$ 950,00, para R$ 1. 024,67, em 2010, e R$ 1.187,14, em 2011, conforme valores informados no site do MEC. Em 2012, o valor vigente era R$ 1.451; em 2013, passou para R$ 1.567; e, em 2014 foi reajustado para R$ 1.697,39. O maior reajuste foi 22,22%, em 2012.
O piso nacional é regulamentado pela Lei nº 11.738/2008 e o reajuste anual reflete a variação do valor mínimo por aluno definido todo ano pelo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).
Portanto o valor do piso nacional de 2015 é de R$ 1.917,78 correspondente à carga horária semanal de 40 horas de trabalho.
A prefeitura de Rio do Fogo, através do prefeito Laerte Paiva aprovou o reajuste que já está em vigor desde de Fevereiro, beneficiando assim os professores Riofoguenses. Mesmo com as dificuldades enfrentadas pelos municípios brasileiros, Rio do Fogo destaca-se como um dos primeiros a aplicarem o reajuste da região do Mato grande, demostrando respeito e apoio a categoria.  

Referências: Site do MEC- http://www.mec.gov.br/